Blog – expoLAB

As aventuras de um super herói brasileiro

Quem viveu a infância nas décadas de 1960 e 1970 certamente conheceu esta frase: “…Alô, alô Sumaré! Alô, alô Embratel! Alô, alô Intelsat 4! Alô, alô criançada do meu Brasil!, aqui quem fala é o Capitão Aza, comandante em chefe das forças armadas infantis deste Brasil”. Por 13 anos, o ator e policial Wilson Vianna (1928-2003) encarnou o personagem Capitão Aza, o nome em homenagem ao militar brasileiro Adalberto Azambuja, que servira na II Guerra Mundial (1939-1945).

O conteúdo do programa era educativo, mostrando às crianças a importância do estudo e do respeito á família e obediência aos mais velhos. Encarnado no personagem, Vianna visitou centenas de escolas e liderou passeios turísticos infanto-juvenis no Rio. Na Semana da Pátria, ele também desfilava junto com os militares, pilotando sua moto.

Entre 1973 e 1975, o Capitão Aza teve histórias em quadrinhos, publicado na revista O Cruzeiro Infantil. Com o fim da revista, a TV Tupi fez um convênio com a Editora Bloch, cujas revistas vinham com as “Notícias do Capitão Aza”, que divulgava as atividades do programa, visitas aos colégios e passeios turísticos. A parceria durou até 1978.

A última transmissão do programa foi em 1979, em meio à crise na TV Tupi e ele justificou a despedida afirmando que iria “cumprir missões no espaço”. O programa tinha um projeto para ser transmitido na TVS, mas a ideia nunca foi à frente.

Você não gostaria de desenhar o próximo super-herói brasileiro?

Saiba mais: http://expolab.com.br/cursos?c=350

Taís Paranhos

Taís Paranhos

Jornalista, professora, redatora e produtora de conteúdo