Blog – expoLAB

Tik Tok acusada de censurar “vulneráveis”

Obesos, LGBTs, portadores da síndrome de down, autistas e portadores de deficiência tiveram vídeos com alcance diminuído na rede social Tik Tok. A empresa, cujo App registrou 1 bilhão de downloads e disputa mercado com Facebook e Instagram, admitiu que trabalhou para diminuir o alcance de vídeos com usuários considerados “vulneráveis” ao cyberbullying.

A empresa determinou que uma equipe de moderadores assistissem os vídeos e sinalizassem como “potenciais vítimas de bullying”. Caso fosse positivo, os vídeos teriam conteúdo restritivo e poderiam até sumir da plataforma. A Tik Tok respondeu às acusações afirmando que não estava fazendo mais esse tipo de seleção, pois transformava a própria rede num espaço de cyberbullying.

O trabalho com mídias sociais deve ser, acima de tudo, em um espaço de muito respeito. Afinal de contas, antes de ser consumidor, o cliente é cidadão. No curso de Social Media na Expolab, você pode aprender a chegar junto do cliente não apenas para vender seu produto, mas também de entender as necessidades de sua clientela. Saiba mais: https://www.expolab.com.br/social-media.php

Taís Paranhos

Taís Paranhos

Jornalista, professora, redatora e produtora de conteúdo