Blog – expoLAB

O legado do Padre Roberto Landell de Moura

Muita gente não sabe, mas foi um cientista brasileiro, que praticamente inventou o rádio, grande mídia de massa. O gaúcho Padre Landell de Moura (1861 – 1928), nasceu em Porto Alegre, e foi o pioneiro na utilização de ondas de rádio.

Ele construiu e registrou os equipamentos necessários para a transmissão da voz humana por meio de ondas de eletromagnéticas ou da radiodifusão. Aos 16 anos de idade, através de manuscritos, afirmou ter inventado um aparelho telefônico similar ao do norte-americano Graham Bell.

Em 1876, foi estudar na Escola Politécnica, localizado no Rio de Janeiro. Poucos meses depois de se mudar para a cidade carioca, viajou para Roma para se tornar padre. Sua formação eclesiástica ocorreu entre 1878 e 1886. Durante este período, Landell de Moura adquiriu seus conhecimentos em física, que contribuíram para suas descobertas futuras.

Apesar de estar dividido entre sua fé e a ciência, Landell de Moura foi primeira pessoa a conseguir transmitir voz por ondas de rádio sem a utilização de fio. Em 1890, na cidade de São Paulo, aconteceu primeira demonstração pública da transmissão de voz. O experimento foi documentado pelos jornais da época. Em 1891, conseguiu patentear o equipamento no Brasil.

Infelizmente, Landell não conseguiu ter apoio de entidades governamentais e da igreja. Foi para os Estados Unidos, onde conseguiu três patentes: “Transmissor de Ondas”, sendo precursor do rádio; “Telefone sem fio” e “Telégrafo sem fio”. Depois disso, retornou ao Brasil.

Ao chegar ao Brasil, foi rejeitado pelos governantes, não conseguiu ter apoio nem investimento para que pudesse desenvolver as suas invenções. Tentou sensibilizar a Marinha para que utilizassem as suas descobertas na comunicação entre navios e tripulações, mas sem sucesso. Decepcionado e desiludido, o Padre Landell de Moura acabou abandonando suas pesquisas e passou a dedicar-se apenas à sua vida religiosa.

A falta de conhecimento e de atenção contribuiu, de forma negativa, na possibilidade do rápido desenvolvimento de uma tecnologia nacional, da área de comunicação, no início do século.

Existem controvérsias de que o Padre tivesse sido a primeira pessoa que realizou uma transmissão radiotelegráfica e o seu legado foi esquecido por muitos, inclusive em outros países. Alguns acham que ocorreu antes do italiano Guglielmo Marconi criar o primeiro sistema de telegrafia sem fio, em 1896.

O Padre Landell de Moura ainda é prestigiado como cientista responsável pelas grandes invenções. Dentre suas descobertas mais avançadas, ocorrido em 1891, foi ter observado que as ondas curtas (de alta frequência) são mais adequadas para transmissões de longas distâncias. Fato que só entrou no consenso científico em 1920.

Dica:

Para quem deseja conhecer mais sobre este grande inventor, recomendo o livro: Padre Landell de Moura – Um Herói Sem Glória – O Brasileiro que Inventou o Rádio, a TV, e Teletipo. Do autor, Hamilton Almeida.

Referências

GARBIN, Luciana. Biografia desmistifica o Padre Landell de Moura, pioneiro do rádio. Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2020.

MARQUES, Domiciano. Landell de Moura, físico brasileiro. Disponível em: . Acesso em: 24 fev. 2020.

REVISTA GALILEU. Conheça o legado do padre Landell de Moura, pioneiro das telecomunicações. Disponível em: Acesso em: 10 mar. 2020.

SUPER INTERESSANTE. Roberto Landell de Moura, o outro inventor do rádio. Disponível em: Acesso em: 24 fev. 2020.

“CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB

Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda

Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos

Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas”

Avatar

Gabriela Ponzo