O Instagram no contexto da crise do Jornalismo – Blog - expoLAB
Blog – expoLAB

O Instagram no contexto da crise do Jornalismo

O Instagram atingiu, em abril deste ano, a marca de 1 bilhão de usuários ativos no mundo. Esse número é uma demonstração clara de como o aplicativo tem se inserido em nossas vidas e impactado o modo de como usamos as redes sociais.

Um exemplo disso é a forma como consumimos e divulgamos notícias. Os recursos presentes nessa rede social (texto, compartilhamento, stories, vídeos, etc.) têm feito dela uma plataforma promissora em disseminar informações e produzir conteúdo jornalístico.

Em meio a esse cenário, muitas plataformas jornalísticas, desde as grandes emissoras de televisão até as iniciativas de jornalismo de bairro, têm procurado se adaptar ao Instagram para continuar agradando e mantendo seus leitores.

Em contrapartida, qualquer usuário ativo na plataforma também está apto a criar conteúdo informativo para seu público. Afinal, sua interface torna essa tarefa um ato simples; basta escolher um conteúdo e publica-lo em sua rede, no formato que preferir.

É inegável que esse fenômeno expande o acesso à informação, mas ele também vem acompanhado de algumas problemáticas. Por exemplo, é muito fácil encontrar problemas de credibilidade e fidelidade em muitos posts espalhados pelo Instagram. Então como filtrar melhor as notícias que consumimos nessa rede social?

Primeiro, você pode passar a se informar através das contas dos jornais e emissoras oficiais, pois elas têm comprometimento em fazer apurações jornalísticas das informações antes de repassa-las ao público.

Segundo, você também pode averiguar uma notícia quando for divulga-la: veja de qual fonte você está lendo e se aquele fato realmente é verdadeiro antes de postá-lo. Afinal, sabemos que o alcance que o Instagram tem é imenso, e que algo que é publicado na rede atinge um número muito grande de pessoas!

E por último, faça sua parte para que rede social a se estabeleça como uma fonte de conteúdo boa e confiável: se você ver algum conhecido divulgando informações não verídicas, informe a ele que aquele conteúdo é falso. Por sua vez, o Instagram também tem uma política de combate a fake news que tem se mostrado eficiente. A plataforma checa as publicações e apaga aquelas que são comprovadamente falsas, e você pode contribuir com isso denunciando esses conteúdos na opção “denunciar” e em seguida clicando na opção “informações falsas”.

O jornalismo enfrenta há anos uma grande crise mundial, especialmente no combate contra as fakes news, e isso inclui redes sociais como o Instagram. Mas as medidas que vêm sendo adotadas pelo site no combate a essa situação, somadas ao comprometimento de quem o usa, podem ajudar essa plataforma a se tornar um bom lugar para se encontrar informação e conteúdo de qualidade.

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB

Saiba de nossas próximas turmas:
http://www.expolab.com.br/agenda
Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos
Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

Avatar

Luan Alexandre

Jornalista formado imerso no mundo do marketing digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *