Profissionais de vídeo podem sim, ser empreendedores